segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Inefável.


Uma palavra bela e singela que define a proporção de um sentimento. Inefável é qualquer sentimento puro e verdadeiro, seja ele bom ou ruim e ainda impossível de ser meticulosamente detalhado em palavras. Já pensei muitas vezes sobre a importância do ser humano, mas nós somos somente um receptáculo de emoções. Venho moldando o meu coração para não se machucar e como um tolo, cometi um erro grotesco. Sempre iremos nos ferir, afinal, é o preço a se pagar para que algum sentimento bom penetre no seu ser. Mesmo que seja em pequenas porções, eu sei que aquele calor, que antes ardia no meu peito e fazia o meu coração acelerar, está vivo. A chama não foi apagada, somente diminuiu a sua intensidade. Posso ter encontrado e perdido o amor da minha vida, mas eu não desistirei dessa busca. Posso até está enganado, mas aqueles sentimentos eram muito verdadeiros e reais para serem meras peças teatrais do destino.

"E assim continuo meu andar, meio desengonçado, abobalhado e até rápido demais, mas tenho certeza de que irei encontrar novamente esse sentimento inefável."

2 comentários: